O meu coração lhe deseja um despertar seguro e em tudo capaz!

Graças a ‘Poderosa Fonte Criadora do Todo em Tudo’ saí do lago sujo das lamentações e visualizei o Grande Rio que deságua no Imenso Mar do Amor, o estado de agradecimento e a certeza de que somente coisas boas, independente do bem e mal de cada dia, vem ao meu encontro, porque aprendi que tudo tem o peso que nós mesmos damos, independente de todo conceito externo e interno de bem e mal. …

Escuta! Pois tenho muito a dizer

E de todas as vozes que entoam cantos delirantes

E canções hipnotizantes… me faço escrever

Escuta-me sem filtros e sem ego

Pois meu coração dolorido e sincero

Arrependido e agora quieto vem a natureza redimir

Loucos somos em nossos sonhos… matando a vida pelo ganho

Em que loucos ignoramos o quanto de tempo desperdiçamos

A Verdadeira Essência, Criança, ser humano

Pois mais louco ainda é pensar em minha vida… enjaulado ainda… no muito querer e no sempre buscar

Me vejo no momento

No fim do mundo

Fim do tempo

De sentar no muro adentro

A vida é como um corredor

Cheio de portas

Cheio de portas

Corredor escuro do meu obscuro

A vida é um corredor

Com portas a direita

Com portas a esquerda

Portas fechadas

Portas abertas… de mim mesmo

A vida está no corredor

Que depois da sala acesa por castiçal e vela

Na entrada da subida e espiralada

Largos degraus

A Escada… escuro se ofuscou

Atiçando a curiosidade do viajante

Que nele em imaturidade optou

A vida virou almejo do fim do corredor

Daquele viajante de vidas que em várias portas adentrou

Muitas delas por curiosidades destrancou

E em degraus decadentes…

Sou mais
Do muito mais
Do que imaginais
Sou menos
Do pouco muito
Que restais
Não sou homem
Nem mulher
Nem animais
Não me enquadro
No quadrado
Belo quadro
Dos mortais
Nem pensamento
Nem emoção
Nem sentimento
Nem frio
Nem calor
Nem dor
Nem pulsamento
O que me resta
É o resto do julgamento
Na referência
Que discrimina
A dimensão
Na ilusão
Do espaço-tempo
Não sou ponto
Só uma vírgula
Na confluência
Não me igualo
Na matemática
Da ciência
Nem partícula
Nem onda
Só frequência
Não sou mais
Nem muito menos
Que presença

Minha Amável Lua Amante
Hoje em meu ápice momento de máxima intensidade
Neste eterno ciclo em que me entrego iluminando a Terra em plena caridade
Fertilizando os vegetais e a realização dos desejos mundanos
Em que sou venerado com danças, cortejos e rituais dos seres humanos
Ocultamente vieste repleta de Amor a me contemplar

Mesmo que para o Povo das Fadas sua presença ofuscante neste solstício dia seja um mal sinal
Acreditando que estou rejeitando suas oferendas de mel, cervejas e centeios em sacrifício ritual
Alegremente e de forte energética corrente, estou aqui a me entregar
E em tua sombra… meu puro…

Em seus versos
Vejo sua alma refletida
E, como és linda!
Não só de corpo
Mas, também, em palavra
Não só o físico
Porém, também, a alma

Que os homens, ignorantemente, não a julgue só pelo belo externo
Para que não ofusque o seu lindo ser interno
Vi toda sua espiritualidade no castanho dos seus olhos grandes
Em que me apaixonei como Krishna por Radharani

És completa menina!
Em espírito e corpo
Tua beleza sábia
Reanima a alma
No meu depressivo ser…
… Quase morto

Diante das variadas questões raciais e exaltação do antifascismo, que nada mais era do que a divulgação, ignorantemente, involuntária no coletivo social de um pensamento e filosofia fascista (regime político-filosófico italiano estabelecido nas primeiras décadas do século XX por Benito Mussolini, fazendo prevalecer o conceito da superioridade de uma raça e seu sistema de governo ditador e autocrático), que se apresentavam naqueles sombrios e acinzentados dias pandêmicos. Resolvera adentrar em si mesmo, na resolução da síntese de sua própria persona etnicamente mal identificada e incompreendida. E, se buscando em cansativas e exaustivas análises na cosmologia da raça humana e nas…

A manhã estava carinhosamente refrescante em um dia de verão calmo, que precedia o calor do seco e ensolarado tempo impermanente. Acordou às cinco horas da manhã como de costume, e já não tinha mais a necessidade do despertador do seu smartphone para tal feito. Simplesmente os olhos automaticamente em uma só expressão se abriram, o corpo em um só impulso na cama se sentou, e mergulhado nos seus pensamentos do que fazer com o novo dia de quarentena que auto se apresentava, meditava… claro! …

Querida Amada! Lua de mim encarnada!
Por este breve-longo tempo em que de mim te ocultaste
E encobriste de véu negro a tua bela face
Estou agora radiosamente pleno
Banhado em teu carinhoso sereno
Contemplando o seu estado luminoso, que se faz de novo, em fino arco
No que me condeno ser o seu solitário amado
De ciclos em ciclos permanentes a te esperar

Veja! Preparei para ti em um pedaço de tronco de Carvalho esse pequeno Sagrado Altar. Oculto no oco dessa frondosa Grande Árvore com seus grossos galhos ao céu se elevar

Nele pus dois chifres que retirei…

Querida minha
Hoje passeio em devaneios pela noite escura a sua procura
Hoje não me contemplaste com tua bela face iluminada, e triste caminho por essa trilha incerta do existir sem ti

Apenas um vazio em meu coração palpita reclamando a sua presença
Na tua ausência percebi que o céu era vasto e imenso de estrelas a cintilar
Porém, vazio do mistério e do segredo de te amar

Minha Querida
Onde foste que não me levaste
Por que de mim te ocultaste
Sabes que te amo, e sem ti, sou cego em meu solitário noturno caminhar

Triste, sento-me novamente na…

Jp Santsil

Onde me manifesto… sou como o entardecer, onde o vento passa ao silêncio da morte e as árvores vibram ao ver passar. Se não me manifesto… no nada tudo serei.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store